CNH com QR Code busca zerar as falsificações

O Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN) apresentou o funcionamento da nova tecnologia de QR Code na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), que visa aumentar a segurança contra fraudes e cópias ilícitas do documento. A iniciativa está valendo desde o dia 1º de maio e já têm mais de 300 mil CNH, com o novo modelo, em todo país.

A tecnologia permitirá que os dados dos motoristas brasileiros sejam acessados pela leitura do QR Code, que dará acesso ao banco de dados do DENATRAN, onde estará uma versão digital da CNH, com dados biográficos e foto do titular do documento.

Isto é um marco no mundo digital para o cidadão. Ações nesse sentido tendem a melhorar a vida do cidadão, no que diz respeito à segurança do documento.

Toda CNH produzida a partir do mês de maio já conta com a inovação tecnológica e que, em um prazo de cinco anos, atingirá 100% dos condutores brasileiros.

Aplicativo de leitura

O aplicativo responsável por realizar a leitura do código é o “Lince”, já disponível para sistemas Android e iOS. Segundo a presidente do Serpro, o QR Code da CNH é diferente dos comumente utilizados.